quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

APOSTASIA, O FRUTO DO RACIONALISMO


Senhor, aqueles que rejeitam todas as revelações privadas argumentam que a Santa Bíblia é a única Revelação verdadeira, como todos nós sabemos; mas que dizeis Vós a isto, Senhor?
- A Santa Bíblia é realmente a Verdade, a verdadeira Revelação; mas Eu não deixei de existir. Vê: Eu sou a Palavra e o Meu Espírito é ativo. O Meu Advogado está em todos vós, o Espírito de Verdade que muitos tendem a esquecer ou ignorar, porque tudo aquilo que vos diz o Espírito vem de Mim; Ele é o Apelo da Minha Palavra, o Inspirador do vosso espírito. E esta é a razão pela qual, Minha filha, Eu vos recordo continuamente as mesmas Verdades. Compreendei as razões, pelas quais constantemente vos estimulo com os Meus Apelos. Aceitai o Meu Espírito de Verdade. Eu venho lembrar-vos a Minha Palavra. Venho chamar-vos ao arrependimento, antes do Advento do meu Dia. Filha, evangeliza com amor, pelo Amor. Eu estou ao pé de ti; não temas nunca. Ecclesia reviverá, uma vez que o Amor é a Raiz da Árvore da Vida e está no meio de vós. Eu alimentarei esta geração moribunda, com o Fruto da Minha Árvore, metendo-O diretamente na sua boca. Permite-Me que te utilize como Minha Ardósia. Alimenta-te de Mim. Vem. Nós? Sim, Eu estou acompanhado pela tua Mãe. Amo-te. Aghapa Mé ("Ama-Me", em grego). Reza. Vassula, sê-Me agradável e vem muitas vezes ter Comigo, durante o teu trabalho quotidiano.


Quero que compreendais que os corações dos vossos sábios são como uma casa de luto. Eles têm sempre a tendência para esquecer, na sua pretensiosa grandeza, o Meu Poder e a Minha Divindade. A sua corrupção cega-os, abrindo neles uma fresta aos discursos de Satanás, porque fecharam os seus corações ao Amor. O seu espírito e o seu coração estão mais próximos do mundo racional que do Meu Mundo Espiritual. Esta chaga infiltrou-se na Minha Igreja. Muitos dos Meus Pastores são semelhantes aos corvos da parábola que te dei. Eles são a causa de tantas discórdias, na Minha Igreja. Os seus sermões e discursos têm falta de Espiritualidade, de Fidelidade à Minha Palavra e aos Meus Preceitos. Repudiam os Meus Mistérios, na Minha Presença; metem a ridículo a Piedade. Lembras-te da ação cometida pelo seu antepassado Caim? Têm adotado a sua linguagem, servindo o vício, em vez da virtude; a imoralidade, em vez da pureza; submeteram-se, sem reservas, à escravidão do pecado. Estes Cains estão vivos, perante o pecado; mas estão mortos, para o Meu Espírito de Verdade. Quando o Meu Dia vier, terão de Me responder e de Me prestar contas, por não terem salvaguardado as Tradições do seu Pastor. Hoje, a sua boca condena-os e os seus próprios lábios testemunharão contra eles. E isto é fruto da sua apostasia. - Mas, Senhor, ouvi o Grito de Abel; não nos deixeis caídos por terra, sem que ninguém nos levante! A Vossa Casa está em ruínas, mas a Vossa Casa é o nosso Refúgio e nós não temos outro lugar para onde ir. Milhares morrerão por falta de Pão; nós vivemos no meio de escombros; ouvi a nossa voz e os lamentos dos Vossos filhos! Ouvi o Vosso Abel! - Minha pequena! Reza, não deixes nunca de rezar! Minha filha, prometo-te que entrarei no Meu Santuário inesperadamente e, com um grande Grito, direi a Jerusalém: "Sê reconstruída!"; e ao Santuário: Que os teus alicerces sejam restabelecidos". E Ela será a Minha Nova Cidade, viva com o Meu Espírito; e o Amor habitará, no meio de todos vós, Meus bem-amados que permanecestes. E enchê-La-ei com as Minhas Árvores de Vida; e vós, Meus bem-amados, comereis à saciedade. Eu sou a Luz do Mundo, sou Aquele que resplandece em vós. Sede vigilantes e não durmais, porque os dias estão contados. Recebe a Minha Paz, Minha filha. Eu, Jesus, amo-te. Permite-Me que vos alimente, a ti e a esta geração esfomeada. Agora, repousa no Meu Sagrado Coração, que Eu não te faltarei nunca. O Amor está ao pé de ti.

Sem comentários:

Enviar um comentário